Este blog tem como tema equipamentos para laboratório. Aqui, você encontrará dicas, fotos, características e curiosidades sobre os mais variados tipos de equipamentos para laboratório. Indicamos também algumas lojas de credibilidade para comprar ou contratar um serviço com total segurança e garantia de qualidade. [Saiba mais]

Links Úteis

Arquivo do Blog

Medidor de PH e umidade do solo – Como funciona?

medidor de PH e umidade do solo é um aparelho desenvolvido para identificar os níveis de acidez do solo e a quantidade de água presente no local, fator fundamental para a produtividade na agricultura. Medir o PH e a umidade do terreno é o primeiro passo para o trabalho agrícola no solo.

Com um medidor de PH e umidade do solo portátil é possível obter os resultados na hora, dinamizando o trabalho do agricultor. Para a medição, faz-se um furo e introduz-se o eletrodo. A tensão que o eletrodo gera quando submerso na amostra de solo determina o PH. Este processo deve ser feito em diversos pontos do local, molhando o solo caso esteja seco. No visor do aparelho medidor, os níveis de PH e umidade são apresentados.

Além da medição in loco e do resultado na hora, outra vantagem do uso de um medidor de PH e umidade do solo portátil é que evita-se a contaminação da mostra, o que pode acontecer quando os testes são realizados em laboratórios.

Os resultados do medidor de PH e umidade do solo dão ao produtor rural noções reais da necessidade do solo e como realizar sua neutralização, que normalmente é feita com o uso de calcário. O nível de PH do solo é estabelecido em uma escala de 0 a 14. Menor que sete, o solo é considerado ácido. Se o resultado for 7, o PH do solo é neutro. Caso seja maior que sete, o solo é alcalino e infértil para qualquer tipo de planta.

Já a umidade do solo é definida pela quantidade de água presente no solo. Nesta água, encontra-se minerais dissolvidos e materiais orgânicos solúveis. A parte líquida do solo será absorvida pelas raízes das plantas, sendo também fator determinante para seu desenvolvimento e produtividade.

É importante lembrar que o medidor de PH e umidade do solo deve ser calibrado antes do uso. A freqüência da calibração depende da quantidade de uso e da qualidade do medidor. Quanto mais freqüentes forem as medições, menos o aparelho precisa ser calibrado.

pHmetro – o que pode interferir na medição do pH?

Fatores como a temperatura e sódio podem interferir na exatidão dos resultados de um pHmetro, veja:

Temperatura – o aumento da temperatura faz com que a inclinação da curva potencial do eletrodo X pH seja acentuada. Exemplo: a 0°C a inclinação da curva é de 54mV/unidade e a 25°C esta inclinação se eleva para  5mV/unidade.

Sódio – em casos onde o pH é maior que 10, o sódio pode causar resultados mais baixos na medição. Entretanto, essa variação pode ser controlada com o uso de um eletrodo de vidro projetado especialmente para minimizar o erro.

Em condições onde o pH é menor que 1, o eletrodo de vidro padrão apresenta resultados superiores aos reais, neste caso, há necessidade de especificação de um eletrodo próprio.

pHmetro – como calibrar


O pHmetro deve ser calibrado de acordo com sua utilização, assim, se o pHmetro é utilizado com frequência, não há necessidade de calibrá-lo diariamente. Caso seja utilizado esporadicamente, recomenda-se calibrar o pHmetro sempre antes do uso.

A calibração de um pHmetro consiste no seguinte procedimento:

1 – Ligue o aparelho;

2 – Lave os eletrodos com água destilada (retire o excesso com papel absorvente);

3 – Coloque os eletrodos na primeira solução tampão – pH=7, e corrija o desvio lateral;

4 – Selecione uma segunda solução tampão, cujo pH fique próximo (aproximadamente duas unidades) do pH da amostra;

5 – Traga as temperaturas do tampão e da amostra para o mesmo valor da temperatura ambiente;

6 – Remova os eletrodos do primeiro tampão e enxágüe-os com água destilada e enxugue com papel absorvente;

7 – Introduza os eletrodos na segunda solução tampão;

8 – Faça a correção da inclinação da linha reta potencial do eletrodo X pH, ajustando sempre a leitura do pHmetro ao valor de pH do tampão na temperatura do teste;

9 – Retire os eletrodos do segundo tampão, enxágüe-os com água destilada e enxugue com papel absorvente;

10 – Coloque os eletrodos na terceira solução tampão de pH abaixo de 10, mas que o valor seja aproximadamente 3 unidades diferentes do segundo tampão. Desta forma, a leitura deve corresponder ao pH do tampão para a temperatura do teste, com precisão de aproximadamente 0,1.

pHmetro – O pH e sua relação com a água


A medição do pH é um fator determinante em todo o contexto de química da água. No abastecimento de água, o pH interfere na coagulação química, desinfecção, abrandamento e controle de corrosão. Já no tratamento de águas residuais através de processos químicos e/ou biológicos, o pH deve permanecer em faixas adequadas ao desenvolvimento das reações bioquímicas ou químicas do tratamento, por isso o pHmetro é tão utilizado em processos como esses.

O pH é um parâmetro importantíssimo para a análise de águas potáveis e também de águas residuais, pois apresenta relações fundamentais com a acidez e alcalinidade. Para a determinação do pH podem ser utilizados: pHmetro de bancada, pHmetro portátil ou o pHmetro de bolso.

pHmetro portátil


O pHmetro portátil é ideal para determinar a concentração de pH do material no local da medição – o que evita erros por contaminação. O pHmetro portátil é muito utilizado em indústrias alimentícias, farmacêuticas, açucareiras e químicas.

As marcas mais procuradas para pHmetro portátil são: Hanna Instruments e Digimed

pHmetro de bolso


O pHmetro de bolso é indicado para trabalhos realizados fora do laboratório, devido ao tamanho reduzido e por oferecer praticidade ao operar. Este tipo de pHmetro substitui o papel pH e ainda possui compensação automática de temperatura.

Entre as marcas mais procuradas para pHmetro de bolso, estão: Hanna Instruments e Digimed.

pHmetro de bancada

O pHmetro de bancada é um material de laboratório muito utilizado em trabalhos que necessitam de controle ou monitoramento do pH, mV e temperatura.

Alguns modelos de pHmetro de bancada possuem indicação e compensação automática de temperatura. O pHmetro de bancada é o mais utilizado em laboratório.

Entre as marcas mais procuradas de pHmetro de bancada, estão: Hanna Instruments e Digimed.

pHmetro – medidor de pH

O que é?

O pHmetro ou medidor de pH, como também é conhecido, é um material de laboratório muito utilizado para determinar o valor de pH em substâncias ou amostras.

Como funciona o pHmetro?

O pHmetro consiste em um eletrodo que é acoplado a um potenciômetro (aparelho medidor de diferença de potencial). Quando o pHmetro é  submerso na amostra ou substância, seu eletrodo gera milivolts, que através do milivoltímetro, são convertidos para uma escala de pH.

Entenda como funciona o aparelho/equipamento pHmetro

pHmetro ou medidor de pH é um material de laboratório utilizado para medir a quantidade de pH em amostras ou substâncias. Um pHmetro nada mais é que um eletrodo acoplado a um potenciômetro (medidor de diferença de potencial). Ao ser submerso na amostra, o eletrodo do pHmetro gera milivolts, que por meio do milivolímetro, são transformados em uma escala de pH.

Há três tipos de medidor de pH/pHmetro:

pHmetro de bancada – este tipo de pHmetro é muito utilizado em laboratório e em trabalhos que requerem monitoramento ou controle do pH, temperatura e mV. Alguns modelos de pHmetro de bancada podem apresentar compensação automática de temperatura.

pHmetro de bolso – o pHmetro de bolso é especialmente utilizado em trabalhos realizados em campo (fora do laboratório), já que seu tamanho é reduzido e é fácil de operar. Este tipo de medidor de pH é substituto do papel pH e pode apresentar compensação automática de temperatura.

pHmetro portátil – ideal para medir a concentração de pH de determinado material no local onde se realiza a medição, evitando erros por contaminação. O pHmetro portátil é mais utilizado em indústrias farmacêuticas, alimentícias, químicas e açucareiras.

As marcas mais procuradas de pHmetro são Hanna Instruments e Digimed.